Quem me conhece (nem que apenas virtualmente), sabe o quanto a música significa para mim; é impossível escrever sem ela.

Várias vezes no meu Facebook pedi sugestões e tantos me acudiram, tentando satisfazer a minha exigente e insaciável necessidade.

Hoje, ao organizar toda a minha escrita, erupta-me o prazer deliciado de associar – a cada conto, a cada cena mais intensa ou profunda – uma música. Isso, minha gente, é felicidade rendida.

Obrigada a cada um de vocês que, pacientemente, me tentou oferecer oxigénio.

*continuem a mandar sugestões*

~~~~~~~~


ira Gratuito

Adquira o seu exemplar, AQUI


Subscreva a Newsletter e receba um conto original. Clique aqui

Ser-escrevente, ser-viajante. Movida a música e cafeína. Inspirada por sensações, sentires e emoções (eternas e efémeras), amores e desamores.

Fome de música
Tagged on:

0 thoughts on “Fome de música

  • 2 Novembro, 2017 at 9:58 pm
    Permalink

    A música me acompanha em tudo. E hoje estou em uma fase de escutar muito música instrumental e clássica. Claro, não dispenso um bom rock/folk. Legal o seu post, muito sensível. O meu abraço.

    Reply
  • 3 Novembro, 2017 at 11:55 am
    Permalink

    No momento, minha escrita tem sido composta ao som de Johnny Hooker. Os dois trabalhos dele, por serem ecléticos, possibilitam que as ideias não sejam lineares mas oscilem. E como gosto de oscilar na escrita, me faz bem.

    Reply
    • 3 Novembro, 2017 at 12:04 pm
      Permalink

      Não conheço, mas vou ao YouTube espreitar, preciso sempre de música nova! Também eu gosto de oscilar na escrita e, para isso, preciso de música alternada (que acompanhe as minhas moods).

      Reply
  • 3 Novembro, 2017 at 1:38 pm
    Permalink

    Está aí algo que temos em comum… Não sou músico, mas a música move meu trabalho de escrita. Gosto de associar músicas aos meus contos ou passagens de romance, e acho o máximo quando alguém faz isso. Muito legal!

    Reply
    • 3 Novembro, 2017 at 2:23 pm
      Permalink

      Obrigada Leandobertoldo. Também associo a todos os meus contos e cenas mais “marcantes” (para mim) uma música. O que é espectacular mas, no reverso da medalha, faz-me andar sempre esfomeada de nova música.

      Reply
  • 3 Novembro, 2017 at 2:32 pm
    Permalink

    Nunca experimentei escrever com fundo musical. Achava que me atrapalharia, mas, depois destes depoimentos, vou reavaliar!
    Obrigado.

    Reply
  • 7 Novembro, 2017 at 3:45 pm
    Permalink

    A atmosfera musical para escrever é sem dúvidas, fantástica.
    Sempre que quero escrever coloco música indie; Tom Odell, Seafret ou Cage the Elephant.
    Acho que gosto de tons mais melancólicos. hahahaha

    Reply
    • 8 Novembro, 2017 at 8:38 am
      Permalink

      Também gosto imenso de Indie. Mas o estilo varia consoante o tipo de texto que vou escrever. Pro vezes preciso de algo mais melancólico, outras mais “pesado”.

      Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

%d bloggers like this: